Make your own free website on Tripod.com

Mitos da tradução:

Se Você precisa de um tradutor ou de uma empresa de traduções, o texto abaixo poderá ajudá-lo.

Primeiramente, vamos acabar com alguns mitos sobre tradução:

1) Qualquer pessoa pode traduzir textos de uma língua para outra tendo apenas um conhecimento básico destas línguas e um dicionário barato.

Este conceito deve ter enriquecido muitos advogados e pode muito bem ter custado algumas vidas. Nos tempos atuais, os idiomas sofrem rápidas transformações e o tradutor profissional está sempre atento a isto. Uma sentença com dez palavras, onde cada palavra possui dois significados diferentes, pode ter mais de mil interpretações. Nestes casos, somente um profissional pode ajudar.

O número de palavras que um tradutor consegue trabalhar por dia varia em função de sua familiaridade com o assunto tratado e a qualidade do texto original: -- textos manuscritos podem confundir até os melhores tradutores e textos mal redigidos precisarão ser melhorados na tradução.

Esforce-se para dar ao seu tradutor ou agência de traduções o máximo de tempo que puder. Para sua própria segurança, tenha em mente que um tradutor pode manusear, em média, 2000 palavras/dia -- sem contar o tempo necessário para a revisão do texto traduzido por um segundo tradutor.

2) Traduções não precisam ser revisadas.

Isto é tolice. Toda tradução deve ser revisada. Os orçamentos que uma agência fornece para as traduções incluem a revisão (não esqueça de verificar isto na sua agência). Até os melhores tradutores cometem erros e uma segunda leitura do trabalho por um outro tradutor pode evitar grandes problemas. Durante a revisão da tradução não deve ser encontrada nenhuma ambigüidade com o texto original.

3) Num planejamento de projeto não é necessário incluir o tempo e o custo das traduções.

Esta idéia merece uma severa crítica. Quando se trata de projetos multinacionais é desaconselhável pressupor que os documentos manuseados estarão todos no idioma correta. Certifique-se de incluir no orçamento despesas de tradução já previstas e acrescente o quanto puder para documentos extraordinários.

Bem, chega de mitos. Agora, vamos analisar um diálogo entre uma agência e um cliente que, até então, jamais precisou de trabalhos de tradução:

-- Qual é a diferença entre tradução e interpretação?

Na tradução, o tradutor recebe um documento num idioma (idioma original) e produz um documento com o mesmo teor e significado em outro idioma (idioma-objetivo).

Na interpretação, o intérprete ouve a frase no idioma original e traduz oralmente o significado da frase para o idioma-objetivo. Um intérprete simultâneo faz a tradução oralmente,  sobrepondo-se(com atraso de alguns segundos) à fala do orador. Este tipo de interpretação é utilizada em seminários, cursos e conferências internacionais. É um trabalho exaustivo e intérpretes simultâneos trabalham em pares, revezando-se a cada dez minutos ou menos. Intérpretes de conferências traduzem as falas entre pessoas, alternando os idiomas  e devem ser fluentes em ambos.

-- Preciso traduzir um documento escrito em grego para o idioma hindu.

Este é um caso típico de pesadelo para a agência. Em tais casos, geralmente, usa-se o Inglês como idioma intermediário. O documento é traduzido primeiramente para o Inglês. Esta tradução é cuidadosamente revisada e, a partir desta, faz-se a tradução para o idioma solicitado.

-- Qual é o pior pesadelo de uma agência de traduções?

a) Não encontrar o tradutor (Oh, meu Deus, o único hindu tradutor de idioma grego que dispomos, completou 95 anos de idade e saiu em viagem de lua-de mel!).

b) O tradutor executou um trabalho fora do padrão, a revisão não percebeu e a agência pagou-o antes dos erros aparecerem.

-- Quero receber a tradução no formato Volkswriter 3 e via e-mail.

Sabemos que existem pedidos piores. Mas, por favor, use um processador de textos mais atual. Isto porque, enviar arquivos binários via e-mail ainda é um grande problema. Para trabalhar com e-mail são necessários formatos de processadores de texto modernos. Se o e-mail não funcionar, tente ganhar tempo enviando o arquivo em disquete. Mas, se Você é um especialista em computador, podemos enviar-lhe o material codificado no formato ASCII. Após a decodificação Você terá de volta o arquivo original do seu processador de texto, sem problemas quanto ao sigilo comercial. Resumindo: não podemos enviar traduções no formato Volkswriter 3.

-- Quero o meu programa de computador traduzido para outro idioma.

Peça aos seus programadores redigir todo o texto a ser traduzido e envie-o para nós. A  tradução será feita em forma de listagem e seu pessoal poderá recortar e colar os resultados no programa.

-- Quem detêm os direitos de tradução?

Geralmente o tradutor, se o trabalho for para publicações. Muitos tradutores costumam vender estes direitos -- mas ficam com os créditos na primeira página da publicação. Geralmente, a agência retêm os direitos sobre outros tipos de documentos até que o cliente aceite a tradução e efetue o pagamento correspondente.

Retornar à página inicial